modalidade

DANÇA JAZZ


O jazz desenvolveu-se através de danças tribais. Estas foram trazidas para o caribe e para América pelos escravos africanos nos séculos XII e XIII. Os escravos ritmavam os trabalhos cadenciando as batidas de martelos, manetas ou machados e cantando distribuíam as tarefas entre si. A música "jazz" desenvolveu-se juntamente com a dança, fazendo parte de uma nova cultura negra na avançada América do século XII. A música americana derivada dos negros deu origem à dança Jazz que se caracteriza por movimentos espontâneos harmonizados com o ritmo e seus temas melódicos. Com o passar dos anos, as danças tribais foram influenciadas por danças de outras culturas nas quais os negros eram forçados a viver.


Durante o século XIX, os entretenimentos conhecidos como shows menestréis envolviam o canto e a dança dentro da música jazz. No começo, os shows eram interpretados somente por dançarinos negros e apresentados para um público também negro.


As mulheres em linhas gerais têm demonstrado maiores níveis de flexibilidade do que os homens e essas diferenças se mantêm ao longo de toda vida.


Nos anos 20, a música e a dança tornaram-se extremamente populares entre brancos e negros espalhados pela Europa. Os shows menestréis foram assumidos por dançarinos profissionais que trouxeram novas técnicas. Ao mesmo tempo, os movimentos de dançarinos europeus, como o "foxtrot", foram gradualmente misturados dentro do estilo do Jazz.


Como a música popular mudou nos anos 40 e 50, foi durante esse período que a dança desenvolveu os modernos estilos de jazz.


Nova York continua sendo o grande centro para o ensino do jazz, sendo os nomes principais: Alvin Alley, Luigi, Jo-Jo Smith, Matt Maltox e Walter Nicks.


A dança jazz é energética e expressiva, fortemente marcada pelo improviso. É um estilo de dança que trabalha a extensão total e parcial do corpo, utilizando o movimento do quadril e pélvis como elemento marcante.


Para fazer jazz, o aluno não precisa ter um físico específico. Ritmo e coordenação são os aspectos mais importantes. Com a prática constante, o aluno estará apto para criar diversos movimentos, melhorando sua técnica e aperfeiçoando seu estilo.


A prática do Jazz desenvolve:


•  Ritmo;

•  Flexibilidade;

•  Coordenação motora;

•  Equilíbrio corporal;

•  Dinâmica do movimento;

•  Percepção espacial;

•  Trabalho em equipe;

•  Capacidade de memorização;

•  A criatividade e expressão artística.



CONFIRA AS TURMAS E HORÁRIOS DISPONÍVEIS PARA ESTE CURSO


UNIDADE PIRITUBA  (SP)

Tel: 3831-6511

WhatsApp:
95021-9798

Av. do Anastácio, 547 - City América


VER MAPA DE LOCALIZAÇÃO

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS